Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Na XVII edição do Correntes d’Escritas – que junta anualmente leitores e escritores de expressão ibérica na Póvoa de Varzim – a Quetzal Editores marca novamente presença com sete autores publicados e o lançamento de três romances.


Não Há Tantos Homens Ricos Como Mulheres Bonitas Que os Mereçam, de Helena Vasconcelos, será apresentado no dia 23 de fevereiro, às 18h00, na Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição.


O romance de Nuno Costa Santos, Céu Nublado com Boas Abertas, será apresentado por Ivo Machado, no dia 26, sexta-feira, às 12h00, na Sala de Atos do Cine-teatro Garrett.

 

No dia seguinte, à mesma hora, no mesmo local, é o lançamento de Oculta, do escritor colombiano Héctor Abad Faciolince.

 

Correntes.jpg

 
A estes escritores, juntam-se Manuel Jorge Marmelo – que este ano celebra 20 anos de atividade literária –, Álvaro Laborinho Lúcio (de quem a Quetzal publicou em 2014 O Chamador) e José Luis Peixoto (com o seu recente Em Teu Ventre).


Pedro Vieira, autor de O Que Não Pode Ser Salvo e Última Paragem: Massamá, também estará presente durante o encontro, assim como os nossos autores Manuel Alberto Valente, Maria do Rosário Pedreira e muitos outros escritores que ali se juntam de 23 a 28 de fevereiro, a leitores de todo o país e estudantes do concelho.


O programa completo pode ser consultado aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Realiza-se entre 2 e 5 de julho, no Cais do Sodré, a 5ª edição do Festival Silêncio, organizado pela Cultural Trend Lisbon. O Festival Silêncio tem como premissa o diálogo entre diferentes expressões artísticas e como eixo temático a palavra. A programação inclui música, cinema, workshops, literatura, performances, debates, teatro e artes visuais.

 

silêncio.JPG

 

A Quetzal estará representada por vários dos seus autores em alguns dos debates que pontuam a programação e que decorrerão na Ordem dos Arquitectos (Conversas do Silêncio) e na Pensão Amor (Palco da Palavra).

 

3 de julho, 18h30

Palco da Palavra: “Literatura e Música”

Afonso Cruz, Aldina Duarte e Sérgio Godinho; Moderação: Nicolau Santos

 

3 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “Ficção – Auto-ficção”

Ana Cássia Rebelo, Bruno Vieira Amaral e Tânia Ganho; Moderação: Isabel Lucas

 

4 de julho, 18h

Palco da Palavra: “Literatura e Ciência”

Carlota Simões, João Luís Barreto Guimarães e Tiago Patrício; Moderação: José Mário Silva

 

4 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “A Criação do Mundo”

André Moitinho de Almeida e António de Freitas; Moderação: António de Castro Caeiro

 

4 de julho, 19h

Palco da Palavra: “Escrever o Silêncio”

Filipe Homem Fonseca, Jaime Rocha, José Eduardo Agualusa e Valério Romão; Moderação: Nuno Costa Santos

 

5 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “A escrita enquanto acto de resistência”

Andréa Zamorano, Isabel Moreira e Pedro Vieira; Moderação: Filipa Melo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estreias literárias em destaque na presença da Quetzal na 16ª edição das Correntes D’Escritas, evento organizado pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e que este ano decorre entre 25 e 28 de fevereiro.

 

Correntes.jpg

 

Ana de Amsterdam, de Ana Cássia Rebelo, e A Casa das Rosas, de Andréa Zamorano, duas obras de estreia, terão o lançamento oficial no dia 27, às 12h00, no Cine-Teatro Garrett.

 

Ana Cássia Rebelo participará na mesa 5 (Da escrita em ruínas transpiram as intermitências da vida, dia 27, às 22h00) e Andréa Zamorano estará na mesa 4 (O silêncio é o sal da escrita em construção, dia 27, às 17h30).

 

Manuel Jorge Marmelo, Sérgio Godinho e Bruno Vieira Amaral serão os outros autores da Quetzal presentes no evento. Participarão, respetivamente, nas mesas A Verdade dos Prémios Literários: O Poder das Narrativas e/ou As Narrativas do Poder (mesa 2, dia 27, 10h00), Literatura: uma questão de inteligência invisível (mesa 7, dia 28 às 15h30) e Da escrita em ruínas transpiram as intermitências da vida (mesa 5, dia 27 às 22h).

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Chama-se El Sueño del Celta (O Sonho do Celta). O novo livro de Mario Vargas Llosa que, conforme acaba de ser anunciado, será distinguido com Prémio Nobel da Literatura 2010. Vamos publicá-lo na Quetzal ainda este ano.

 


Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D