Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

«Há uma iniludível fantasmagoria, uma progressiva concentração – de personagens, de situações, de espaços – ao longo de O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño. A narração é feita na primeira pessoa – uma estratégia de escrita que poderia fazer emperrar o romance, ou deixá-lo demasiado preso a uma técnica, mas de que o autor se desembaraça com notável desenvoltura. O correr da obra acaba por boicotar esse esquema inicial – através da interferência de tempos que se vão pondo em causa, por um certo desarranjo do esquema narrativo –, atravessada como está por um paradoxo.»

 

Hugo Pinto dos Santos escreve sobre O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño, no Orgia Literária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E ainda...

09.04.10

O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño, na coluna de Fernando Sobral no Jornal de Negócios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ou como vender O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño, em livrarias - grandes cadeias ou independentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O lançamento nacional de O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño, foi notícia no Brasil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2666, de Roberto Bolaño - segundo anunciou Francisco José Viegas na madrugada de sábado no Musicbox - foi o livro mais roubado do ano passado, título que acumula com a distinção como livro do ano. Mas a notícia de hoje é que O Terceiro Reich, depois de oito dias de vendas e dez mil exemplares impressos, entra em segunda edição, e ocupa os primeiros lugares nos tops das Livrarias Bertrand e Fnac.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pré-publicação de O Terceiro Reich. O segundo capítulo começa assim: «Falei com Frau Else duas vezes. Os nossos encontros não foram tão satisfatórios como eu gostaria.». Os interessados nestas antecipações podem também espreitar a pré-publicação no Nicotina ou Bibliotecário de Babel.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Agenda

23.02.10

Leitores da Póvoa de Varzim e arredores, frenquentadores do Correntes D'Escritas, sintam-se convidados para o lançamento ncional de O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Terceiro Reich

23.02.10

 

 

Há uma espécie de detective literário, personagens peculiares e um sem-fim de referências literárias — que darão muito gozo ao leitor. A saber: Udo Berger, que sempre quis ser um grande escritor, mas que tem de se conformar em ser o campeão de “jogos de & estratégia guerra em Stuttgart”, decide ir ao Hotel del Mar, na Costa Brava catalã, com a sua nova namorada, Ingeborg (nome de uma das pesonagens de 2666). O objectivo é treinar-se para participar num novo jogo de estratégia, justamente Terceiro Reich, e preparar-se para ganhar um torneio internacional. Eles compartilham suas férias com um outro casal alemão, Charlie e Hanna, até que o primeiro destes desaparece misteriosamente depois de se cruzar com dois sinistros personagens que também levantam suspeitas nas autoridades locais: «O Lobo» e «O Cordeiro». Entretanto, Udo Berger é perseguido por um detective estranho e sombrio e, atormentado por essa perseguição sem sentido, acaba por entrar em delírio com a “paisagem surreal da Costa Brava”. Tudo isto acontece quando entra num jogo de vida ou morte com um personagem enigmático e de rosto desfigurado, El Quemado. Uma autêntica sinfonia de literatura, política, divertimento surreal, absurdo. Gozo puro.

 

 

O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño | série américas. 352 páginas

Tradução de Cristina Rodriguez e Artur Guerra.


Nas livrarias a 26 de Fevereiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por exemplo, estes (nas livrarias a 26 de Fevereiro):

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leitores de Roberto Bolaño, frequentadores dos lançamentos da Quetzal, cépticos da relação entre a literatura e a madrugada: falta uma semana e meia, ou duas semanas e meia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais um livro inédito de Roberto Bolaño: O Terceiro Reich. Aqui fica a sinopse:

 

«Há uma espécie de detective literário, personagens peculiares e um sem-fim de referências literárias — que darão muito gozo ao leitor. A saber: Udo Berger, que sempre quis ser um grande escritor, mas que tem de se conformar em ser o campeão de “jogos de estratégia e guerra em Stuttgart”, decide ir ao Hotel del Mar, na Costa Brava catalã, com a sua nova namorada, Ingeborg (nome de uma das pesonagens de 2666). O objectivo é treinar-se para participar num novo jogo de estratégia, justamente Terceiro Reich, e preparar-se para ganhar um torneio internacional. Eles compartilham suas férias com um outro casal alemão, Charlie e Hanna, até que o primeiro destes desaparece misteriosamente depois de se cruzar com dois sinistros personagens que também levantam suspeitas nas autoridades locais: «O Lobo» e «O Cordeiro». Entretanto, Udo Berger é perseguido por um detective estranho e sombrio e, atormentado por essa perseguição sem sentido, acaba por entrar em delírio com a “paisagem surreal da Costa Brava”. Tudo isto acontece quando entra num jogo de vida ou morte com um personagem enigmático e de rosto desfigurado, El Quemado. Uma autêntica sinfonia de literatura, política, divertimento surreal, absurdo. Gozo puro.»

 

 

O Terceiro Reich será lançado durante o Correntes d'Escritas (de 24 a 27 de Fevereiro, na Póvoa do Varzim), às 24h00 do dia 25. Os leitores de Lisboa que se sentirem excluídos da festa - sim, vai ser uma festa, outra vez - marquem na agenda: 5 de Março, Musicbox.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D