Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

C:\Users\bamaral\Desktop\Clipping\Capas e etc\conv

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«O último ex-presidente do Conselho tem sido esquecido pelo filão editorial da investigação histórica nacional mais recente.

As setecentas páginas de Marcello Caetano - Um Destino vêm esclarecer alguns equívocos sobre o sucessor de Salazar. Luís Menezes Leitão em entrevista ao DN.

Recorda na sua biografia sobre Marcelo Caetano que, num banho de multidão que recebeu em 1969, houve uma popular que afirmou: "Este Salazar é muito diferente do outro." É a sua opinião também?

Marcelo Caetano é uma figura muito diferente de Salazar e isso ficou bem claro após toda esta investigação. A ideia de se o ver como uma continuação ou uma personagem semelhante é incorreta, porque são completamente distintos: Salazar era um político hábil e o Estado Novo era uma estrutura para se manter no poder; Caetano é um institucionalista que acreditava no Estado Novo, mas com maior estrutura ideológica.

Não eram tão unidos como a história teima em registar!

Desde o início que houve entre ambos um grande conflito, de que as pessoas não se apercebem, pois acham que foi um processo de transição pacífica. Só que a chegada de Caetano ao poder é resultado de anos de oposição a Salazar.»

No DN.

I:\CAPAS - BERTRAND EDITORA\2014\Quetzal\11_Novemb

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A 7 de novembro nas livrarias.

 

I:\CAPAS - BERTRAND EDITORA\2014\Quetzal\11_Novemb

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D