Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

«Na novela de Peixoto, a transcendência é como que um resíduo do lirismo, que, na obra do autor, sempre ressumbra de personagens, paisagens e acontecimentos. A inesperada ousadia do escritor, ao pegar em tão intratável assunto, seria já merecedora de elogio. Ou de espanto. Porém, o que mais surpreende é que o resultado seja (quase) airosamente conseguido, fazendo de Em Teu Ventre um dos melhores livros de Peixoto (se não for mesmo o melhor).»

 

Mário Santos, Ípsilon

 

978989722257-3frentek_no_teu_Ventre2.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«A transparência sempre foi uma das maiores qualidades da escrita de José Luís Peixoto. Nos seus livros, e este não é exceção, disseca-se a vida, em tons escuros, doridos, dilacerantes, seja o tema o desespero, a solidão, o amor, a religião ou uma mãe que atravessa «a vida e a morte como a verdade atravessa o tempo, como os nomes atravessam aquilo que nomeiam».

Livro que se lê num trago, num suspiro, “Em teu ventre” é um olhar sobre o que está além da própria racionalidade, da memória, da paixão, do aceitar de um papel, do destino de se entregar aos trabalhos de parto e dar a vida por quem vem de dentro, do ventre.»

 

978989722257-3frentek_no_teu_Ventre2.jpg

Carlos Eugénio Augusto no Rua de Baixo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

«Em Teu Ventre é o 15º livro de José Luís Peixoto, que se tem dividido entre o romance, a poesia, a crónica e o relato de viagens. Com este livro, quis abrir novas possibilidades de interpretação e romper com discursos simplificados. Entrar dentro do tabu.

JL: Um livro de fé ou curiosidade?
José Luís Peixoto: Das duas. Ambas desempenham um papel muito importante na escrita de um livro e, até, na vida. A haver uma posição neste livro é a de que devemos aceitar o transcendente como uma dimensão do real.

Acredita em milagres?
Não se trata de acreditar. O que digo é que devemos aceitar que há uma grande quantidade de coisas que são maiores do que nós e para as quais não conseguimos encontrar uma explicação. A vida é em si própria um mistério. Se olhássemos com olhos analíticos para pequenos acontecimentos do quotidiano chegaríamos à conclusão que são impressionantes, muitas vezes incríveis. Por facilidade poderíamos colocá-los na categoria de milagres. É um elemento que não devemos subtrair à vida, sob pena de estarmos a diminuí-la.»

 

Entrevista de José Luís Peixoto ao Jornal de Letras.

 

 

978989722257-3frentek_no_teu_Ventre2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

978989722257-3frentek_no_teu_Ventre2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

eventos_peixoto_ventre.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

logo-folio.jpg

 

Arranca amanhã, na vila de Óbidos, a primeira edição do Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos. O escritor angolano José Eduardo Agualusa é o curador do Folio Autores e, na altura da apresentação do projeto, afirmou que esta será “uma grande festa da literatura, do livro e das ideias, muito focada na língua portuguesa e na lusofonia, em particular no Brasil, mas sem esquecer o resto do mundo.”

Durante os 11 dias de festival passarão por Óbidos cerca de 50 autores nacionais e estrangeiros, entre os quais José Luís Peixoto, que lança também neste mês o seu novo livro, Em Teu Ventre, o brasileiro Reinaldo Moraes, autor de Pornopopeia e de O Cheirinho do Amor, a escritora cubana Karla Suárez (Havana, Ano Zero) e Bruno Vieira Amaral (As Primeiras Coisas).

 

21 de outubro, 18h30 – 20h00, Rachel Kushner e Karla Suárez, moderação de José Mário Silva;

22 de outubro, 14h30 – 16h00, Patrícia Reis, Tatiana Salem-Levy e Reinaldo Moraes, moderação de Filipa Martins;

 

25 de outubro, 11h00 – 12h30, Valério Romão, Bruno Vieira Amaral e João Paulo Cuenca, moderação de Filipa Martins;

 

25 de outubro, 14h30 – José Luís Peixoto e Pedro Rosa Mendes, moderação de Luís Maio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«O escritor José Luís Peixoto disse hoje que o seu próximo livro, "Em teu ventre", é uma novela que aborda as aparições em Fátima, em 1917, e é publicado com a chancela da Quetzal, no dia 23 de outubro.

"Abordo um tema que é novo para mim, mas que se relaciona com outros, que tenho aprofundado em diversos livros, que tem a ver com as aparições às três crianças em Fátima, em 1917", disse o escritor.

"Este tema, das aparições de 1917, toca algumas questões que já trabalhei noutros livros, mas que aqui me permitiram aprofundar, nomeadamente, a ruralidade, da qual ainda hoje encontramos resquícios, a religiosidade e a espiritualidade, sob o prisma do catolicismo, que está presente noutros livros meus, e ainda uma certa reflexão sobre Portugal, que se coloca muito a pretexto de um tema como este", acrescentou.»

 

978989722257-3frentek_no_teu_Ventre2.jpg

 

Ler notícia completa aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em 2000, José Luís Peixoto estreava-se na literatura com Morreste-me (edição de autor). Quinze anos mais tarde e muitas edições depois, o livro continua a ser um dos preferidos dos leitores. Agora, é finalmente publicado no Brasil e o Estado de São Paulo dá-lhe o justo destaque.

 

Morresteme.JPG

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«O município de Ponte de Sor, no Alentejo, anunciou hoje que vai promover, este ano, a 9.ª edição do prémio literário José Luís Peixoto, destinado a premiar trabalhos inéditos na modalidade de conto. [...] A este concurso podem concorrer jovens que completem 25 anos até ao dia 31 de dezembro de 2015.»

Ler no DN.

JLPEIXOTO.0028.jpg  Foto: Pedro Loureiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 dezembro, 21h - BAIXA DA BANHEIRA - Auditório José Manuel Figueiredo

5 dezembro, 21h - CASCAIS - Biblioteca Municipal de Cascais

6 dezembro, 21h - PAÇOS DE FERREIRA - Biblioteca Municipal de Paços de Ferreira

7 dezembro, 16h - GUIMARÃES - Fnac Guimarães

11 dezembro, 18h - PARIS - Fundação Calouste Gulbenkian

13 dezembro, 17h - PONTE DE SOR - Casa da Cultura

14 dezembro, 15h30 - SETÚBAL - Livraria Bertrand (Setúbal)

15 dezembro, 18h30 - LISBOA - Fnac Chiado

18 dezembro, 18h - GUIA - Fnac Guia

19 dezembro, 18h - SINES - Livraria A das Artes

21 dezembro, 16h - LISBOA - Livraria Bertrand (Colombo)

23 dezembro, 16h30 - OEIRAS - Livraria Bulhosa (Oeiras Parque)

I:\CAPAS - BERTRAND EDITORA\2014\Quetzal\10_outubr

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«Capítulo a capítulo, Peixoto apresenta-nos personagens de um país rural, o nosso, depois da revolução de 1974 mas antes da febre dos fundos europeus. São partes complementares e acrescentadas de um todo que se depreende não pelo que o narrador diz, mas pelas ligações que se estabelecem entre figuras e situações. Num romance poliédrico e com muitos espelhos, de linguagem madura e límpida, José Luís Peixoto fixa um tempo já perdido, provando que na verdade nunca saiu da aldeia que criou.»

Luís Ricardo Duarte, Time Out

 

I:\CAPAS - BERTRAND EDITORA\2014\Quetzal\10_outubr

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

C:\Users\bamaral\Desktop\galveias2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Galveias

05.09.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

“Ao longo do livro compreenderemos que dificilmente se passará do hall de entrada. Peixoto fala de cenários, sem esconder a falsidade que sente face à paisagem plana que lhe é apresentada. E é, como o próprio escritor diz, a sinceridade que “nos salva” e que salva este relato raro de um país do qual “às vezes parece que ninguém tem toda a informação”. Dia a dia, jornada a jornada, vamos percebendo como se constrói uma sociedade em que todos se podem sentir como crianças órfãs perante a morte de um líder ou se alcança a perfeita sincronia ao ponto de dezenas de soldados conseguirem libertar as águas no mesmo exato momento.”

 

Cristina Margato, Expresso

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desde o interior da ditadura mais repressiva do mundo, desde um país coberto por absoluto isolamento, Dentro do Segredo.  

 

Em Abril de 2012, José Luís Peixoto foi um espectador privilegiado nas exuberantes comemorações do centenário do nascimento de Kim Il-sung, em Pyongyang, na Coreia do Norte.

 

Também nessa ocasião, participou na viagem mais extensa e longa que o governo norte-coreano autorizou nos últimos anos, tendo passado por todos os pontos simbólicos do país e do regime, mas também por algumas cidades e lugares que não recebiam visitantes estrangeiros há mais de sessenta anos.

 

A surpreendente estreia de José Luís Peixoto na literatura de viagens leva-nos através de um olhar inédito e fascinante ao quotidiano da sociedade mais fechada do mundo.

 

Repleto de episódios memoráveis, num tom pessoal que chega a transcender o próprio género, Dentro do Segredo é um relato sobre o outro que, ao mesmo tempo, inevitavelmente, revela muito sobre nós próprios.

 

O novo livro de José Luís Peixoto,Dentro do Segredo, Uma viagem na Coreia do Norte, chega às livrarias portuguesas, a 16 de Novembro de 2012.

 

 


Aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D