Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

“Sem o objectivo do realismo histórico, Ismail Kadaré escreveu uma impiedosa e impressionante história de resistência que à época em que foi publicada terá caído bem ao regime de Hoxha, pois vivia-se na Albânia um sentimento de cerco, dois anos depois de a União Soviética ter invadido a Checoslováquia.”

 

José Riço Direitinho, Público

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Poupança

11.05.11

Nem só de cinco estrelas vive uma editora. José Carlos Fernandes, na Time Out, diz que O Acidente, de Ismail Kadaré, é "um livro impenetrável - pelo menos para quem não tenha um pós-doutoramento em Estudos Albaneses."

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luís Ricardo Duarte, no i, fez a crítica a O Acidente, de Ismail Kadaré, que se encontra nas livrarias desde a semana passada:

 

"Para o escritor albanês, o acidente é apenas um pretexto para falar de conflitos, relações de poder, reconstrução do passado e do papel que a ficção desempenha nesse processo."

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Revista Ler está nas bancas desde sexta-feira. Encontre os livros da Quetzal nos textos de Filipa Melo sobre James Wood  «Como se pode atirar a pequena traineira do comentário às altas ondas da ficção? No caso de Wood, tanto pelo elogio como pelo exame agudo, usando metáforas ou hipérboles, mas sendo sempre meticuloso na leitura e análise dos textos e pródigo nas citações e erudição literário»; na coluna dos Booktailors, assinada por Paulo Ferreira, dedicada à onda anti-bolaño; no texto de Rui Bebiano sobre Um Jantar a Mais, de Ismaïl Kadaré e de Bruno Vieira Amaral. sobre Zeitoun, onde diz que «a matéria-prima é excelente, mas é a mestria narrativa que faz de Zeitoun uma obra extraordinária».

Autoria e outros dados (tags, etc)

«Um Jantar a Mais, agora editado pela Quetzal, tem a forma de um claríssimo e tragicómico libelo contra o lado perverso do regime de «democracia popular» sob o qual teve de viver a maior parte da vida. Evocando o seu rosto intolerante, violento, persecutório, contra o qual, agora em liberdade, se afirma agora sem margem para dúvidas.»

 

Rui Bebiano leu Um Jantar a Mais, de Ismaïl Kadaré e já escreveu sobre o livro n'A Terceira Noite. E, a propósito do relato de Ana Cristina Leonardo sobre a sua participação num quase encontro bilateral entre albaneses e portugueses, deixa a sua versão sobre a problemática albanesa. Foi o leitor que pediu um pouco de história?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vale a pena ler o post de Ana Cristina Leonardo, tradutora de Um Jantar a Mais, de Ismaïl Kadaré, sobre a sua relação com... os albaneses em geral, vamos dizer assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D