Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Realiza-se entre 2 e 5 de julho, no Cais do Sodré, a 5ª edição do Festival Silêncio, organizado pela Cultural Trend Lisbon. O Festival Silêncio tem como premissa o diálogo entre diferentes expressões artísticas e como eixo temático a palavra. A programação inclui música, cinema, workshops, literatura, performances, debates, teatro e artes visuais.

 

silêncio.JPG

 

A Quetzal estará representada por vários dos seus autores em alguns dos debates que pontuam a programação e que decorrerão na Ordem dos Arquitectos (Conversas do Silêncio) e na Pensão Amor (Palco da Palavra).

 

3 de julho, 18h30

Palco da Palavra: “Literatura e Música”

Afonso Cruz, Aldina Duarte e Sérgio Godinho; Moderação: Nicolau Santos

 

3 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “Ficção – Auto-ficção”

Ana Cássia Rebelo, Bruno Vieira Amaral e Tânia Ganho; Moderação: Isabel Lucas

 

4 de julho, 18h

Palco da Palavra: “Literatura e Ciência”

Carlota Simões, João Luís Barreto Guimarães e Tiago Patrício; Moderação: José Mário Silva

 

4 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “A Criação do Mundo”

André Moitinho de Almeida e António de Freitas; Moderação: António de Castro Caeiro

 

4 de julho, 19h

Palco da Palavra: “Escrever o Silêncio”

Filipe Homem Fonseca, Jaime Rocha, José Eduardo Agualusa e Valério Romão; Moderação: Nuno Costa Santos

 

5 de julho, 19h

Conversas do Silêncio: “A escrita enquanto acto de resistência”

Andréa Zamorano, Isabel Moreira e Pedro Vieira; Moderação: Filipa Melo

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Festival Silêncio! tem feito de Lisboa a capital da palavra dita mas está a acabar. E antes do fim, os autores da Quetzal participam em vários momentos da programação. Hoje, às 21h30, no Auditório do Instituto Franco-Português, José Luís Peixoto participa numa das Conversas do Silêncio com Kalaf e Saul Williams. O que esperar desta conversa? Quando um especialista em spoken word se encontra com um poeta-músico, um músico-poeta e um romancista apaixonado por música é inevitável que a conversa rode em torno… da música e da palavra. Tendo em conta os percursos dos artistas convidados, as misturas de influências, as fusões entre estilos musicais e os cruzamentos  da poesia com o romance também poderão fazer parte da ementa.

 

Mais tarde, à meia-noite, no Musicbox, Mónica Marques e Afonso Cruz fazem parte do Writting Mirror, o resultado de um desafio lançado a quatro escritores. As imagens e os textos, ambos escolhidos pelos autores, cruzam-se, dialogam, talvez o que é projectado possa mesmo servir de ilustração ao que é dito.

 

Amanhã, no Instituto Franco-Português, a última das Conversas do Silêncio senta no mesmo sofá - provavelmente vermelho - José Mário Silva e François Vallejo. O jornalista, autor de contos e poemas, jornalista e blogger, falará com o francês que escreveu sobre o Francês, personagem de romance que se viu em Lisboa, em 1988, para lá das chamas do incêndio no Chiado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Writting Mirror

14.06.10

Mónica Marques e Afonso Cruz aceitaram a proposta do Festival Silêncio!: escolher um par de texto e imagem e apresentá-lo em 15 minutos. Isto no MusicBox, no dia 24 de Junho, a partir das 0h15. A estes autores da Quetzal, juntam-se JacintoLucas Pires e Fernando Ribeiro.

 

Diz-se no programa: «É difícil prever o que farão os quatro, tão díspares. Sabes o que cada um entende por ilustração faz parte do jogo: quantos verão no espelho da escrita um negativo da imagem, que negativo, quantas sublevações literárias estão e curso quanta prole quantas rasteiras, quantas explosões? Dificilmente será uma caravana. E apostamos, sem estorvo, em quatro aparições. Ainda assim, não vamos tão longe que antecipemos  o número de cotovias que podem abrir o Atlântico ao antídoto de uma diáspora blasée, ou quantras transas conduzem as carnes divinas ao pecado.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Extinto o fogo.

09.06.10

 

 

«Essa cor de um branco incerto, a surgir a montante do Tejo, será o raiar do dia? Colunas cinzentas, dispersas erguem-se em vários sítios, oblíquas: o vento, sempre este vento; menos forte do que ontem, mas ainda com força, empurrando a parte mais grossa da nuvem para o outro lado do rio.»

 

 

De Incêndio no Chiado, de François Vallejo.

 

Nas livrarias a 11 de Junho.

Vallejo e José Mário Silva fazem uma das Conversas do Silêncio, integradas no Festival com o mesmo nome, a 25 de Junho, às 21h00, no Institut Franco Português.

Autoria e outros dados (tags, etc)


No Instituto Franco-Português, José Mário Silva e François Vallejo, conversam, dia 25 de Junho, a partir das 21h00. Mas há mais pessoas da Quetzal nas Conversas do Silêncio: Francisco José Viegas encontra-se com Alberto Manguel, dia 23 de Junho. E José Luís Peixoto, junta-se a Kalaf para falar certamente sobre música e palavra com Saul Williams, no dia 24 de Junho. Sempre no mesmo sítio e à mesma hora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

1936 e 1988

02.06.10

Chegaram ao escritório os novos livros:

 

 

 

Nas livrarias daqui a uma semana: um romance de François Vallejo, que começa com o deflagrar do grande incêndio no Chiado em Agosto de 1988 e uma investigação de Sérgio Rodrigues sobre a namorada menor do Secretário-Geral do Partido Comunista do Brasil  que apareceu morta em 1936.

 

François Vallejo vem a Portugal e participará nas Conversas do Silêncio, parte do Festival Silêncio! 2010. Toda a programação aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


 

Feira do Livro no Porto: Avenida dos Aliados, de 1 a 20 de Junho.

 

 

Festival Silêncio! em Lisboa, de 16 a 26 de Junho.

 

A Quetzal está em Lisboa, no Porto, e no resto do país.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D