Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais importante do que escrever artigos vagamente redentores sobre escritores ignorados ainda é fazer com que os livros desta gente estejam nas livrarias.

 

No ouriquense a propósito de Rentes de Carvalho e da dificuldade em encontrar-se o Com os Holandeses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

«Livro-espelho, reflector das coisas humanamente observáveis, através das perplexidades de um autor cuja escrita saborosa Saramago já recenseara na Seara Nova em 1968, referindo-se a Rentes de Carvalho como alguém que nos dá "o quase esquecido prazer de uma linguagem em que a simplicidade vai de par com a riqueza, (...), que decide sugerir e propor, em vez de explicar e impor." Uma escrita que o próprio, certa vez indagado a propósito, descreveu como franca, "sem lindezas nem arrebiques, e chamando as coisas pelo seu nome." Modéstias sobre uma escrita maior do que isso, cujas qualidades literárias são evidentes nestas crónicas holandesas.»

 

Sarah Adamopoulos (que nasceu em Roterdão) publicou um longo artigo na Notícias Magazine deste sábado sobre J. Rentes de Carvaho, partindo da leitura de Com os Holandeses.

 

Em Outubro deste ano chegará às livrarias com a Ernestina, um romance publicado pela primeira vez em 1998, na Holanda. (O autor estreou-se na ficção em 1968, com Montedor, a que que refere José Saramago no texto citado.)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escritores

02.06.09

Houve um tempo em que o escritor se sentia inspirado e escrevia. Hoje o escritor faz pesquisa e produz.

 

Do tempo contado de J. Rentes de Carvalho, de quem a Quetzal publicou no início deste ano Com os Holandeses (um livro escrito em 1971, ano em que foi publicado na Holanda, e que continua a a deliciar pelo humor inteligente em 2009).

Autoria e outros dados (tags, etc)

As recomendações de Carlos Fiolhais, sobretudo esta, que fala de Com os Holandeses, de J. Rentes de Carvalho, não perderam a validade. É sempre estimulante ver discutidas as diferenças culturais entre o Norte o Sul da Europa, diz o Físico.

 

«Venham ver Rotterdam, Amsterdam, Vlissingen, Katwijk-aan-Zee. Enormes ou minúsculos, pouco importa: o mais pequeno parafuso está pintado, não há chaminé por colorir, engrenagem por olear, cabo mal enrolado, convés à espera de esfrega, porta que chie em gonzos ferrugentos, cais a ameaçar ruína. Onde, senão aqui, se encontrarão montes de sucata alinhados como estes?»

De Com os Holandeses.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

«O primeiro grande mérito de Rentes de Carvalho reside na forma como evita os dois principais pecadilhos de que as obras do género costumam enfermar: ao fim de breves páginas apercebemo-nos de que este não é um ajuste de contas nem um desfiar inconsequente de loas. Defeitos e méritos são colocados lado a lado, sem desagravos nem tibiezas, o que só vem reforçar o espírito de independência colocado pelo autor num livro cuja edição portuguesa, só agora, 37 anos depois da publicação original, se encontra disponível.»

 

Na edição de sábado da NS, suplemento do DN e JN.

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D