Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Azul-Corvo

14.09.12

“Quando saltamos desse livro premiado para este recente Azul-Corvo, sentimos, de facto, uma evolução. A linguagem está mais solta, mais depurada, e a leitura flui como num caminho sem obstáculos. Sentimos também que estamos a ler um livro de Adriana Lisboa, porque a evolução não apagou, felizmente, os seus traços característicos. Ainda se explicam bem as emoções, ainda se mostra a paisagem exterior como reflexo da interior, mas agora é tudo feito de forma mais subtil, mais económica em palavras. Tudo é dito na medida certa e na altura certa.”

 

Gonçalo Mira, Público

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Na capa do “Azul-Corvo” pode ler-se que é um romance de pertença. Quando se vive fora do país é difícil dizer onde se pertence?

 

Por questões de sobrevivência temos de escolher um lugar com o qual a gente se sinta confortável. Eu trabalho com refugiados aqui, em voluntariado, e vejo pessoas totalmente desgarradas, que vieram de situações de violência ou miséria, e muitas vezes não se sentem bem aqui porque é tudo muito diferente. Mas elas precisam encontrar um lugar para elas, precisam encontrar um lugar de pertença, que às vezes tem menos a ver com o lugar onde se vive e mais com as pessoas que se conhece. Morar aqui, para mim, tem algumas particularidades que me dão conforto. O silêncio, por exemplo. É uma coisa fundamental para mim e que andava à procura a vida inteira. Nunca tinha conseguido encontrar um lugar silencioso para morar. Isso tem um valor imenso. O facto de ter um jardinzinho que eu cuido tem um valor enorme também. E as pessoas que conheci aqui, os amigos que fiz. Mas, para resumir, acho que posso dizer que sou feliz aqui hoje."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Entre os finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa, a anunciar durante o XI Encontro Correntes d'Escritas, que acontece de 24 a 27 de Fevereiro na Póvoa de Varzim:

 

 

Rakushisha, de Adriana Lisboa

 

 

Três Lindas Cubanas, de Gonzalo Celorio

 

Conferir a lista completa na notícia do Público.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Hector Abad Faciolince e a filha.


 

Adriana Lisboa no Porto.

 

Duas fotografias de Daniel Mordzinski, feitas na décima edição das Correntes d'Escritas e tiradas do blogue de Adriana Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adriana Lisboa

08.02.09

 

 

Nasceu no Rio de Janeiro em 1970, onde passou a infância e a adolescência. Mais tarde, viveu em Brasília, Paris e Avignon. Estudou música e literatura e foi flautista, cantora e professora. Vive em Denver, nos Estados Unidos, e dedica-se inteiramente à escrita e à tradução. Rakushisha é o seu quarto romance, terceiro publicado em Portugal. Em 2003, com Sinfonia em Branco, ganhou o Prémio José Saramago.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rakushisha

05.02.09

 

Foi na Rakushisha - cabana dos dióspiros caídos -, nos arredores de Kyoto, que o poeta viajante Matsuo Bashô, imortalizado pelos seus haikai, se hospedou na sua última viagem e redigiu um dos seus diários. E foi no metro do Rio de Janeiro que Haruki e Celina se conheceram. Ele folheava um livro em japonês, de cuja ilustração fora incumbido; ela era uma mulher triste e etérea, «pedaço de céi recoberto pela fina epiderme humana», que se aproximou dele com curiosidade pelo exótico escrito.

 

Unidos pelo acaso e pelo texto do Bashô, em breve partiriam para Kyoto, em busca de coisas indefinidas, fios de teia de aranha, numa viagem de descoberta do Japão moderno e de si próprios. As vozes dos dois protagonistas e os versos do poeta japonês entretecem-se num registo depurado, a que não falta nem sobra uma só palavra, que faz de Rakushisha um romance haikai.

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D