Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Camões

08.06.15

e do Pedro Vieira ir à Feira do Livro de Lisboa.

PEDRO_VIEIRAautores_quetzal_feira2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O livro Última Paragem, Massamá, de Pedro Vieira, publicado em fevereiro de 2011 pela Quetzal, foi anunciado como vencedor do Prémio PEN Clube Português, na categoria Primeira Obra. Os prémios PEN Clube Português distinguem, anualmente, as melhores obras publicadas no ano anterior, em língua portuguesa e em primeira edição.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para Última Paragem: Massamá, Pedro Vieira recomenda Hey, dos Pixies

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

"E, mais ainda, percebe-se que sabe muito bem o que é escrever um livro, sem soluços, sem palha e com grande domínio da estrutura. Eu gostei deste, mesmo assim, mas agora fico à espera do seguinte, que vai ser – tenho a certeza – ainda melhor."

 

Maria do Rosário Pedreira sobre Pedro Vieira, Horas Extraordinárias

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um relato fiel do lançamento do livro Última Paragem: Massamá, no Sol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Repórter Nato

14.03.11

 

Pedro Mexia sobre Última Paragem: Massamá, de Pedro Vieira:

 

"Pedro Vieira é um repórter nato, com poderes de observação e empatia raros e com uma especial atenção ao uso da língua portuguesa. Há uma verdadeira compulsão em anotar todas as expressões, clichés, corruptelas, bem como a novilíngua anglicizada. Da gestão à religião, passando pelas latitudes travestidas de sabedoria, é um festim da oralidade caótica, bizarra, inventiva, hilariante ou poética. É essa, com efeito, a grande virtude do livro, a Babel linguística que invade o texto com estribilhos, mil nove e oitenta, dá uma de lombinhos, boa continuação. E alguns dichotes são um achado, como este sobre uma rapariga que controla muito em cima o namorado: "A tua miúda parece o Baresi.""

 

Expresso, Actual, 12.03.2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D