Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Excertos da entrevista que Reza Aslan concedeu à revista Sábado. O Zelota - A Vida e o Tempo de Jesus de Nazaré chega às livrarias a 7 de fevereiro.

 

Numa entrevista na Fox News, a jornalista perguntou-lhe repetidamente porque é que escreveu um livro sobre Jesus sendo muçulmano. Ficou surpreendido?

Não. Há uma grande parcialidade antimuçulmana nos Estados Unidos e a Fox News é o primeiro exemplo disso. Transformam o sentimento antimuçulmano em milhões de dólares de lucro. São uma organização noticiosa tendenciosa e preconceituosa contra os muçulmanos e os estrangeiros em geral. Sabia que ia ser atacado. O que não sabia era que a entrevista toda ia ser sobre o meu direito de escrever este livro.

 

Já foi discriminado? Sente reacções agressivas?

Qualquer muçulmano na América tem histórias de discriminação. Eu não sou excepção: ter um escrutínio extra no aeroporto, ter longos olhares de lado no metro. Neste caso, não estou a ser atacado pelos cristãos, estou a ser atacado por grupos de direita. As pessoas que me enviam a mim e à minha família ameaças de morte são fanáticos de direita, ameaçados pela noção de um Jesus revolucionário que combateu os ricos e poderosos, porque muitas destas pessoas, que alegam ser porta-vozes de Jesus, são eles próprios ricos e poderosos.

 

Estuda Jesus há mais de 20 anos. É uma obsessão?

Admito que sim, mas acho que toda a gente a devia ter. Estamos a falar de um camponês pobre e iletrado, da Galileia rural, que começou um movimento em favor dos rejeitados e marginalizados, que foi uma tal ameaça para os poderes políticos e religiosos do seu tempo que foi preso, torturado e executado.

 

Diz que Jesus era um revolucionário, não um pacifista: queria expulsar os romanos e instalar um estado teológico.

Essa é a função do Messias. Se ele se intitulava o Messias, o que queria dizer é que era o descendente do rei David, que tinha vindo para estabelecer o trono de David na terra. É tão simples quanto isso. Ou nunca pensou que era o Messias; ou pensou e a sua tarefa era remover a ocupação romana. É isso que é suposto o Messias fazer.

Quais são as diferenças que encontrou entre o Jesus divino e o Jesus humano?

A maior parte dos cristãos pensa que Jesus não tinha ambições políticas ou terrenas, que foi um pacifista de boas acções. O que não percebem é que no tempo de Jesus religião e política eram a mesma coisa.

Então não era um pacifista?

Não há prova de que Jesus defendesse abertamente a violência, mas este é o homem que disse que não vinha para trazer paz à terra mas a espada; que ordenou aos seus homens que se armassem antes de se esconderem das autoridades; que foi crucificado pelo crime de traição contra o Estado. A ideia de que era apenas um pregador tranquilo não se ajusta à história daquele tempo. A visão de Jesus que muitos cristãos têm é uma que Roma teria ignorado.

 

Entrevista completa à Sábado aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

Fátima Duarte a 17.03.2014

Estou a ler o livro de Reza Aslan-"O Zelota, Jesus de Nazaré"; Gabo a coragem do autor em se ter metido nisto ...Mas discordo de 2 pontos fundamentais:1)Há imensos autores que referem que Jesus não era um iletrado; bem pelo contrário, era um Homem com cultura acima da média no S/tempo e que, entre os seus 13/33anos de idade, terá vivido fora da Galileia/Judeia (talvez em Alexandria, ou no Tibet com os monges Budistas ... ou ainda, que terá viajado muito inclusivé p/a Bretanha ...); 2)A frase "não vos trouxe a paz mas a espada" foi escrita por S.Mateus e não é certo que tenha sido de autoria (tout court) de Jesus Cristo. E, finalmente, gostaria de realçar que, em grego antigo, muitas vezes a palavra "nazareno" foi mal traduzida, nomeadamente, para "carpinteiro" ... Portanto, o livro de RezaAslan pode ser um exercício de dissertação interessante, mas estará certamente longe (mesmo muito longe) de ser uma "tese" aceitável - tenho pena, muita pena!
Sem imagem de perfil

Vlad Sousa a 25.07.2014

Reza Aslan : Universidade de Santa Clara
Harvard Divinity School
da Universidade da Califórnia, Santa Barbara
Universidade de Iowa
Ocupação Acadêmico, escritor
Bem , eu deixei de propósito alguma informações sobre o autor Reza Aslan.Alegar que a teoria dele está longe de ser aceitável , teria que partir de alguém que no mínimo chegue próximo às qualificações do escritor .

Comentar post



QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D