Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

As últimas entrevistas de Roberto Bolaño revelam um homem que, até ao fim, manteve intactas todas as faculdades que o celebrizaram: o sentido de humor, a inteligência cortante, a vasta erudição, o gosto pela polémica e pela provocação. No fim da vida, Bolaño já não era o terror do establishment literário, mas ainda era suficientemente perverso para dar esta resposta:

 

"MM: Não acha que se se tivesse embebedado com Isabel Allende e Ángeles Mastretta teria outra opinião acerca dos seus livros?


 RB: Não creio. Primeiro, porque essas senhoras evitam beber com alguém como eu. Segundo, porque já não bebo. Terceiro, porque nem nas minhas piores bebedeiras perdi uma certa lucidez mínima, um sentido da prosódia e do ritmo, uma certa rejeição perante o plágio, a mediocridade ou o silêncio."

 

Para ilustrar o sentido de humor:

 

"Eliseo Álvarez: Os seus pais tiveram influência no seu amor pela literatura, por livros?

 

 Roberto Bolaño: Não. Em termos de genealogia, a verdade é que venho de duas famílias: uma que arrastava consigo quinhentos anos de constante e rigoroso analfabetismo e a outra, a materna, que arrastava consigo trezentos anos de ociosidade, igualmente constante e rigorosa. Nesse sentido, eu sou a ovelha negra da família."

 

 

Roberto Bolaño: Últimas Entrevistas chega às livrarias a 11 de Março

Autoria e outros dados (tags, etc)



QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D