Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Aparição é um dos dez romances mais representativos da língua portuguesa eleito pelo Imprensa da Universidade de Coimbra. Segundo a Lusa, vários docentes da Universidade de Coimbra e João Tordo e José Luís Peixoto escolheram ontem «10 Paixões em Forma de Roma. A notícia pode ser lida na íntegra aqui.

 

 

A primeira parte do episódio da série «Grandes Livros» dedicado a Aparição.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Eduardo F. a 27.06.2010 às 11:12

Pelos casos que conheço, as pessoas que gostam do livro pelo seu aspecto são pessoas que amam os livros na sua totalidade.

Gosto muito do aspecto das obras da Quetzal, sendo das editoras com grafismo mais apelativo no nosso mercado editorial. Penso que na editora têm bem essa noção.

O que eu queria dizer, a propósito do Vergílio Ferreira, é que gostava que esta obra, Aparição, tivesse uma edição como as outras, monocolor. Porque gostamos de ter os livros todos no mesmo formato? As edições da Bertrand, as famosas edições também monocolores, eram assim.

É tempo de, aos poucos, ir substituindo essa, já quase difícil de encontrar nas livrarias (não nos alfarrabistas, claro), por uma nos mesmos moldes.

Tantos são os romances do autor que ainda faltam... Para quando novos títulos... dos clássicos?

Um ávido iniciado em Vergílio Ferreira que gostava de ver a sua curiosidade / avidez a ser satisfeita.

Algum amigo pode dizer-me algo sobre isto?
Obrigado.

Comentar post



QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D