Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Autoria e outros dados (tags, etc)

Mas É Bonito

20.06.14

«O resto é uma dança e contra dança de parábolas e exercícios de ironia. Geoff Dyer assina com fluidez um voo picado sobre a vida, o solipsismo quase crónico do isolamento, a solidão como único fim. E quanto mais a narrativa avança na descrição das personagens, onde cada uma, à sua maneira parece aspirar a uma espécie de paraíso, mais palcos se abrem a medos soltos, episódios autónomos entre um sopro no saxofone, um dedilhar no contrabaixo - «tocava-o como se estivesse a lutar» -, uma tecla branca, todos os gestos numa espiral de improviso. O jazz passa, seguramente, por aqui.»

 

Miguel Barros, Diário Digital

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vamos à praia?

19.06.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

 Fotografia de Pedro Loureiro

 

 

Porque sabemos tão pouco sobre História africana?
Não sei... Mas no  caso do Brasil, mais ligado a África, um país de matriz africana, existe uma  maior produção académica sobre a História de África, ainda que haja um fraco  conhecimento da cultura africana contemporânea - sobre a música, por exemplo. O  Brasil cortou com África quando acabou a escravatura. Em Portugal, existe um  maior conhecimento da cultura contemporânea africana, mas, sobre a História,  ainda há um longo caminho a percorrer. Existe um saber académico, mas este não  passa para fora. E o que se sabe é apenas numa perspetiva, muito redutora. No  que diz respeito ao grande público, há uma certa mitologia que ficou. Este livro  sobre a rainha Ginga pode surpreender em Portugal porque vai mostrar uma outra  perspetiva: a africana.

Mas houve outros livros dedicados à rainha Ginga.
Houve alguma literatura colonial, ou seja, ficção produzida por  portugueses, utilizando o mito da rainha a favor do mito da construção do  império. Quando as figuras se agigantam muito, todos os poderes têm a tentação  de usá-las a seu favor... Depois da independência de Angola, foi publicado, pelo  menos, um livro com a perspetiva oposta, hipernacionalista, transformando a  rainha Ginga num ícone do nacionalismo angolano - o que também é absurdo. A  rainha Ginga não é angolana. Ela atuou no espaço geográfico onde, hoje, se situa  Angola mas que, então, não existia. É como Viriato. Ele não é um herói  português, é um herói contra Portugal. A rainha Ginga não lutou por uma ideia de  Angola. Pelo contrário: se ela tivesse triunfado, não teria existido Angola como  hoje a conhecemos.

Ler mais: http://visao.sapo.pt/jose-eduardo-agualusa-pela-primeira-vez-sinto-que-posso-dizer-que-sou-escritor=f784361#ixzz34QIMxkXk

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)


QUETZAL. Ave da América Central, que morre quando privada de liberdade; raiz da palavra Quetzalcoatl (serpente emplumada), divindade tolteca, cuja alma teria subido ao céu sob a forma de Estrela da Manhã.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Sites e blogues de autores

  •  
  • Sobre livros

  •  
  • Editoras do Grupo BertrandCírculo

  •  
  • Comprar livros online

  •  
  • Festivais Literários

  •  
  • Sobre livros (imprensa portuguesa)

  •  
  • Sobre livros (internacional)

  •  
  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D